Paulo Winner: Ser é mais importante que ter

Paulo Winner - CEO do Winner Group

A trajetória de um dos empresários mais importantes do país

Premiado por atuar em diversas frentes no empreendedorismo, o CEO do Winner Group, Paulo Rogério Pereira (42), reconhecido como Paulo Winner, é um dos empresários que mais se destacam no cenário brasileiro e internacional. Neste ano, receberá o Prêmio Winner Paris, pela segunda vez consecutiva, como Líder do Ano, pelo International Business Magazine, na França, em Paris.

Nascido, em março de 1980, no bairro Canindé, em São Paulo, Paulo Rogério Pereira é fruto de uma família humilde. Na infância, dividiu uma casa de cinco cômodos com mais de quinze pessoas. Mais tarde, morou em um barraco de três cômodos localizado em uma invasão. Ficou por dezoito anos nesse lugar. Em função da dificuldade financeira, ainda criança, teve de aprender a trabalhar. Iniciou em uma feira como cuidador de carros, depois vendendo geladinho, cachorro-quente, milho, pastel, churrasquinho, entre outras mercadorias. Uma das coisas mais incríveis que ele e seus irmãos aprenderam com seus pais foi que o “Ser” é mais importante que o “Ter”. Esse ensinamento foi a base de todo o sucesso que Paulo Winner teve na vida.

Já adulto, superando as adversidades, entrou para a faculdade e logo em seguida conseguiu emprego em um banco. Sempre criativo, percebeu que ali havia uma grande oportunidade de crescer. Em seis meses, tornou- se gerente de negócios de Pessoa Jurídica (PJ) e percebeu que uma das coisas mais incríveis de se trabalhar como gerente de PJ era a possibilidade de conhecer diversos segmentos e entender seus problemas. Essa experiência fez com que buscasse soluções para esses negócios. Trabalhando como gerente passou a entender como funcionava o mercado financeiro e a cabeça de um empreendedor. Ele pegou todo esse conhecimento e somou com as lembranças de vida que teve desde pequeno e, a partir disso, começou a empreender para valer. “Sem dúvida nenhuma, a maior dificuldade que tive como empresário foi abrir minha primeira empresa. Eu queria resolver problemas, ser o maior empreendedor do país, treinar funcionários. Pensava em futuros negócios”, afirma Paulo Winner.

Assim, com toda sua expertise no mercado financeiro, aos 28 anos, abriu a WR Factoring, junto a um amigo, que à época, lhe emprestou 60 MIL reais. Desse investimento, Paulo devolveu 240 MIL reais que lhe fora emprestado, mas disse:

– Desse dinheiro você vai me emprestar 100 MIL reais para mantermos a empresa. Teremos 200 MIL somando eu e você. Em um ano eu te pago.

Neste mesmo período, Paulo Winner, já trabalhava com consultoria na parte de finanças, crédito e resolução de problemas. Os contratos e prestações de serviços deram-lhe a tranquilidade de que o investimento do amigo seria quitado. E dessa forma efetivamente ocorreu. Em seis meses, o sócio não apenas recebeu o valor, como o fluxo e movimento de atuação da empresa aumentou. As inúmeras oportunidades começaram a aparecer e empresas de outros segmentos foram abertas e adquiridas junto a outros sócios, principalmente, na área de inteligência logística. Atualmente, o Winner Group, conta com 26 empresas ativas com faturamento acima de cem milhões de reais ao ano, e dando oportunidades para mais de mil e quinhentos colaboradores diretos e indiretos. “Hoje, atuamos no ramo hoteleiro, de logística, assessoria contábil, escolar e treinamento profissional com cursos para jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho. Quem sabe ensina”, ressalta. Além de gerir o Winner Group, Paulo Winner é palestrante e mentor de empresários. Seu objetivo, hoje, é fazer com que outros empreendedores tenham a mesma frequência, acesso e movimento que ele teve desde pequeno e possam também ser vencedores em tudo o que fazem.

www.wrjlogistica.com.br

@paulowinner_
@wrj.logistica
@winnergroup.log

Compartilhar esta publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia Mais

Aline Dalcin: Ser para ter

Nós escolhemos muitas coisas, queremos ter muitas coisas, pedimos muito, porém precisamos entender que para ter, primeiro temos que ser, ou seja, nos fundir com

Newsletter

ASSINE O NEWSLETTER PARA RECEBER AS
ÚLTIMAS ATUALIZAções